quinta-feira, 31 de julho de 2014

SASHA VINOGRADOVA - ME IDENTIFIQUEI !

Sasha Vinogradova, é mais designer que artista, mas merece ser mencionada por aqui Guarde Esse Nome! Com formas orgânicas, cores florescentes, cogumelos, algas e tudo o que for do universo meio psicodélico, meio natureza, a artista/designer gráfica de cara me encantou. Mera Coincidência! O resultado é lindo de morrer, super feminino e cheio de atitude. 

Foi paixão a primeira vista pela séria nomeada "Mushrooms" da artista. A ilustração digital é uma técnica que me encanta e que vem sendo cada vez mais usada por artistas e designers, já que permite diversas versões de um mesmo trabalho, podendo fazer modificações sempre que quiser. 

Com clientes de peso, Sasha vem conquistando o mercado e inserindo sua arte dentro de grandes marcas. 










quarta-feira, 30 de julho de 2014

MATEU VELASCO

Mateu Velasco é um artista que sempre mereceu destaque. Seu traço pode ser facilmente reconhecido. O artista multimídia se divide entre os muros da cidade, as telas, as ilustrações e animações e faz um trabalho rico em detalhes e temas muito interessantes. 

Desde que começou a pintar nas ruas, já podíamos notar um talento nato. Seus grafites eram diferentes dos demais. Velasco trazia uma linguagem de ilustração pros muros da cidade. Suas formas, a familiaridade com a técnica e as escolhas de cores sempre surpreenderam. 

Na ilustração e na pintura, não é diferente:  Desenhos lúdicos, que mais parecem contos fictícios ou sonhos mal resolvidos. Mateu vive acertando em cheio. Ponto Pra Ele!

Nascido em Nova York e criado no Rio de Janeiro, o artista plástico formado em Design pela Puc Rio já tem nome no mercado internacional e acumula algumas exposições importantes. Nas suas obras conseguimos ver uma forte presença do Design Gráfico, pela noção de cores e estética.

Veja você mesmo:








domingo, 27 de julho de 2014

MISS VAN - THANK YOU

Miss Van: Obrigada por existir! Falar de arte de rua e não mencionar o trabalho dessa artista é algo impossível. NoWay! Miss Van está na cena urbana há muito tempo, e é um dos nomes mais importantes no mercado.

Sou fã de carteirinha e finalmente tive a oportunidade de ver uma exposição da moça em Barcelona. No subsolo de uma lojinha super hype chamada Studio Store pude ver cada detalhe do seu trabalho. Além disso, a exposição mostra um vídeo maravilhoso onde podemos ver toda a técnica e minuciosidade do seu traço.

Com um jeito calmo de falar, podemos notar que Miss Van consegue um resultado perfeito nas suas obras porque realmente ama o que faz. Cores em tons pastéis são suas escolhas fiéis, que dão mais feminilidade `aquelas personagens meio cabaré, meio rococó, e super mulherzinhas que são a sua marca registrada. 

Seu trabalho é reconhecido mundialmente. Chique! Diferente de tudo o que vemos por aí, ela deixa beleza e feminismo por onde passa. A artista conta com um vasto estudo e coleciona fotos antigas de mulheres com as poses mais diversas que servem de inspiração para pintar.

Viva as mulheres!

video






















quinta-feira, 17 de julho de 2014

W.M.O COMBONE EM EXPO SOLO




Combone ataca novamente, dessa vez em "carreira solo". A galeria Jeffreys convida o artista para expor sua primeira individual, E sendo de um artista como esse, eu recomendo!

Combone aka Wesley de Oliveira, já mencionado por aqui anteriormente, Impossível não falar dele, apresenta sua primeira exposição individual, de nome WMO: as iniciais do seu nome, que foram usadas pra retratar sua existência. Não entendeu? Eu explico. Para ele, W simboliza o seu nascimento, M a morte, a ausência, e o O fecha o ciclo, um eterno retorno. Como se fosse um "começo, meio e fim" do artista. Entendeu?

Nessa mostra, ele mostra um trabalho nunca antes visto, mais evoluido, com vontade de experimentar. 

A galeria Jeffreys apostou todas as fichas no artista em ascensão e posso garantir que não erraram na escolha. Wesley pode ser considerado um dos melhores grafiteiros cariocas. Você bate o olho na sua obra e não acredita que aquilo tenha sido feito com spray. Lindas figuras femininas, paleta de cores de quem entende do assunto, e traço muito solto, sem medo algum de errar. Pingados que compõe a obra, expressões que encantam. Faltam palavras para descrever um talento como esse. Ver o Combone pintar é uma verdadeira aula. 


Um trabalho capaz de acrescentar ao espectador, e além de tudo. A personalidade do artista também fala muito sobre  seu trabalho, e no caso dele você consegue enxergar sensibilidade, calma, e intimidade com a arte.


Vai lá conferir: Eu garanto! 

domingo, 13 de julho de 2014

WHITNEY MUSEUM - JEFF & HOPPER

NY combina com arte, que combina com Whitney Museum. Se você por acaso estiver  de passagem por lá não deixe de visitá-lo. Sempre tem o que há de melhor na arte contemporânea. Agora por exemplo, eles estão com uma retrospectiva do artista Jeff Koons em cartaz Imperdível! e outra dedicada ao maravilhoso Edward Hopper.

Jeff Koons já foi mencionado aqui algumas vezes. Impossível não falar dele! Ele é mundialmente conhecido e suas obras mais famosas imitam aqueles balões maleáveis que crianças adoram, sabe? Ele também criou um cachorro enorme todo feito de grama em frente a entrada do Guggenheim em Bilbao. Lindo Lindo Lindo! Atualmente Jeff Koons é um dos nomes mais quentes no mercado de arte.

Edward Hopper também é um artista de mãos cheias. O seu trabalho mostra paisagens e cenas urbanas. É realista mas sempre carrega um mistério, muitas vezes enfatizado pelo jogo de luz e sombra. Hopper começou a pintar muito novo quando conciliava seu trabalho como designer e ilustrador c a pintura. Sua familia sempre o encorajou a seguir a carreira artística. 

JEFF KOONS









EDWARD HOPPER







quarta-feira, 9 de julho de 2014

JULIAN MEAGHER - NOVA DESCOBERTA

Julian Meagher é um artista australiano que acabo de descobrir. Seu trabalho é daqueles que basta bater o olho para amar. 

Suas pinturas representam a figura masculina. São pinturas de heróis do esporte, homens tatuados, homens bebendo, etc… Fora isso, ele pinta orquídias maravilhosas que dá o nome de "greek orchida", cujo significado é "testículo". Pasmem! É o que ele chama de "male still lives".  Sua obra é super delicada, feminina, e a paleta de cores sempre inclui tons de rosa e azul. Lindo!

A história do artista é bem inusitada: Ele largou a carreira de médico para se dedicar a arte. Julian sempre teve interesse em pintura e desde pequeno dedicava algumas horas do seu dia em aulas de arte. Ele acredita que essa coragem de mudar totalmente de rumo se deve a própria medicina, onde você nunca sabe o dia de amanhã. 


Hoje Meagher é representado por algumas galerias importantes pelo mundo : Olsen Irwin Gallery - Sydney, Edwina Corlette Gallery - Brisbane, Ecosse Gallery - Exeter, Cat Street Gallery - Hong Kong and Aratong Gallery in Singapore.